20 de setembro de 2011

Pra não dizer que não falei de um Príncipe.



Perdoe-me Chopin
E todos os clássicos em suas notas gloriosas!
Perdoem-me todas as vossas habilidades e anos de estudos “a ferro”.
Perdoe-me Janis, Hancock, James...
Perdoe-me Jonh, Elvis, Elis, Chico.
Perdoe-me a "Maria" de Milton,
A "Garota de Ipanema" de Tom.
Perdoe-me Marisa, Cazuza e Nara,
Hanne, Vanessa, Yael...

Perdoem-me todos os mestres sentimentais,
Os gênios da expressão e da melancolia.
As grandes orquestras,
Os anjos que cantam...

Todos vocês - não me levem à mal.
Mas a canção mais linda que meus ouvidos já escutaram,
Foi meu nome sussurrado pela voz do meu amor!
(Porque o som daquela voz é um beijo no ouvido!)

Dani Cabrera




E isso tudo é pra ele, oh! ;)

2 comentários:

Carol R. disse...

Ooow*-* Que lindo, que lindo (:

Orion* disse...

Indescritível, adorei o texto...